• Facebook: webgenium

Fale Conosco

45 3224-4585


Oftalmologia Infantil

Postado em Serviços

 oftalmologia infantil 1

 

0 a 2 anos
Logo após o nascimento do bebê, é indicado o teste do olhinho, exame que objetiva detectar alterações potencialmente perigosas para o desenvolvimento da visão, como a catarata congênita e o tumor de retina.
O estrabismo ou olhos tortos pode aparecer nos primeiros meses de vida e pode levar à falha no desenvolvimento da visão. O tratamento em geral consiste no uso de óculos, uso de oclusor ou tampão e, em alguns casos, cirurgia.

 

3 a 12 anos
O primeiro exame oftalmológico de rotina em crianças saudáveis deve ocorrer aos três anos de idade. Essa consulta possibilitará, por exemplo, o diagnóstico de erros de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo), mesmo que a criança aparentemente não tenha problemas visuais. É preciso ficar alerta quando houver queixa de dor de cabeça, dificuldade visual e de aprendizado. Nesse período é comum também o aparecimento de ardor e coceira nos olhos, que são sinais de alergia ocular. As causas mais comuns são contato com pó, pelo de animais, ácaros e pólen. O tratamento é importante para aliviar os sintomas e também para prevenir complicações futuras.

 

13 a 18 anos
Dores de cabeça, olhos vermelhos, olhos secos, coceira e dificuldade de foco após estudar, trabalhar, assistir televisão ou usar computador e celular podem ser sintomas de miopia, hipermetropia e astigmatismo. As opções para enxergar melhor nessa faixa de idade são os óculos e as lentes de contato.

É preciso também prestar atenção à presença de ceratocone, doença que provoca irregularidade na córnea, tendo maior prevalência nessa faixa etária.

oftalmologia infantil 2